Artigos sobre arte contemporânea, crítica e teoria de arte (alguns bem antigos).

Jardins sem muros: longo século XVIII e a paisagem

Discute a paisagem no século XVIII interpretando-o como o ápice de vários desenvolvimentos na pintura, em contraposição à noção recorrente de crise na arte.

Ao observar o movimento interno das forças artísticas contraditórias que se desenvolveram durante o “longo” século XVIII, encontraremos diversos indícios de que a aparente crise é na verdade um processo de maturação dos diversos desenvolvimentos da técnica e expressão artísticas desde, talvez, o século XIII. Estes indícios são especialmente essenciais para compreender a relação dos artistas com a paisagem num século que, apesar de ter sido responsável pelo conceito de “jardim paisagístico”, é tão carente de pinturas de paisagem. [...]

arte, paisagem, paisagismo, pintura, século XVIII

Publicado em 200504.

Novas tecnologias e paisagem: poéticas do não perceptível

Discute o uso artístico das novas tecnologias e sua relação com a paisagem; principalmente sobre sistemas de informação geográfica e gps.

A distinção de determinados territórios como paisagens é uma construção mental e, por isso, histórica. Sob o prisma das poéticas contemporâneas, desejamos perceber a paisagem como um espaço no qual estamos incluídos. Mas, nos nossos primórdios [...]

arte, paisagem, novas tecnologias, sistemas de informação geográfica, gps, contemporânea

Publicado em 200503.

Páginas: [1-2][3-4][5-6][7-8][9-10][11-12][13-14][15-16][17-18][19-20][21-22][23-24][25-25]

comentários

Envio de comentários desativado. Para contato pessoal, por favor, utilize .

Unless otherwise expressly stated, all original material of whatever nature created by Hélio Alvarenga Nunes and included in this website is licensed under a Creative Commons License.

Validar XHTML Validar CSS