Série de vídeos de teste criados com EyesWeb e Buzz.
FAIL (the browser should render some flash content, not this).

Ordem das tatogartas t1: download

FAIL (the browser should render some flash content, not this).

Dançarino louco: Download

FAIL (the browser should render some flash content, not this).

Nina e o monstro: download

FAIL (the browser should render some flash content, not this).

Segundo embaralhado: download

Atenção: para ver os vídeos corretamente no navegador é necessário ter o plugin Flash 8 ou superior instalado. Caso encontre problemas, faça download do vídeo em formato MPG com codec MPEG1, o mais comum. Seja paciente, vídeos demoram a carregar.

Um artigo que não foi...

... uma derivação interessante da pesquisa sobre Tatogartas tem sido a experimentação com diversos softwares (Eyesweb, Buzz etc.), o que tem me levado a algumas reflexões sobre a criação digital em si...

...

Quando se fala do computador como meio — comparável a tela e tinta —, geralmente consideramos sua característica digital, isto é, a maneira de representar a informação que atualmente se confunde com a forma binária, como um fator limitador ou ao menos constrangedor. Mas o desenvolvimento (o aumento exponencial da capacidade de amostragem e de codificação) vem reduzindo as diferenças sensíveis entre digital e analógico, a ponto de digital poder ser vendido como sinônimo de “fidelidade”.

Pensando estritamente na “realidade” do objeto final, hoje já é difícil diferenciar a informação criada digitalmente daquela captada. Mas ainda assim percebemos com relativa facilidade um quê, uma diferença, um constrangimento muito típico...

Esse típico parece residir na poética e não na estética, no ato de criar e não no criado. Criar digitalmente implica trabalhar parâmetros e comandos estritos, equilibrar-se no pré-concebido, no analisado e projetado; implica, em suma, em usar corretamente um programa.

Entretanto (e mais interessante), o uso de parâmetros incorretos ou indesejados só radicaliza a característica “digital” [agora entre aspas!]

...

É tudo muito bobo e no final um simples ratinho saindo da montanha que urra e treme, como diria a Piti. Ordem das Tatogartas T1 e Dançarino Louco usam as capacidades de detectar figuras do Eyesweb. No primeiro caso, parece que ele interpreta e ordena, mas não é verdade. No segundo, ele fica ridiculamente tentando achar uma figura humana na sombra enquanto toca uma musiquinha muito da sem-vergonha. Em Nina e o Monstro, o usei para controlar o bonequinho segundo a música.

...

Segundo Embaralhado é um vídeo criado frame a frame. Para cada segundo, 29 cartões foram embaralhados e escaneados... Claro que, cansado, acabei recorrendo a um script.

comentários

Envio de comentários desativado. Para contato pessoal, por favor, utilize .

Unless otherwise expressly stated, all original material of whatever nature created by Hélio Alvarenga Nunes and included in this website is licensed under a Creative Commons License.

Validar XHTML Validar CSS